Planejamento em logística é a marca da BH Airport

A BH Airport Cargo, área de logística da BH Airport, está desenvolvendo um amplo planejamento voltado para a ampliação da participação do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte no comércio de cargas, mercado que tem potencial estimado para o transporte de cargas aéreas no valor de US$ 2,2 bilhões em exportações e US$ 700 milhões em importações.

A concessionária está fundamentada nas projeções traçadas pela International Air Transport Association (IATA), que apontam que mais de 40% do comércio mundial de cargas, em valor, já é transportado pelo ar. As estimativas são de que esta participação chegue a 55% até 2020.

Confira as melhorias previstas

Localização estratégica:

A BH Airport Cargo está no centro do eixo Belo Horizonte -São Paulo-Rio de Janeiro.

No entorno dessa região, em um raio de 800 km, concentram-se:

  • 50% da população brasileira
  • 65% do PIB nacional
  • 65% do poder de compra no Brasil
  • 65% da produção industrial
  • 73% do mercado nacional de eletricidade
  • 2º maior exportador brasileiro para a China, Europa e Estados Unidos Belo Horizonte está entre as 30 maiores capitais mundiais.
  • É a terceira maior metrópole brasileira e a 7ª maior da América Latina
  • 5ª maior base industrial da América Latina.
  • Localizada no centro da área mais cosmopolita da América Latina.
  • Integração intermodal - acessos rodoviários do Aeroporto Internacional Tancredo Neves.
  • Funcionários: 80
  • Área total: 12 mil m²
  • Armazém Carga Perigosa: 300 m²
  • Baia: 60m²
  • Canil: 50m²
  • Câmaras frigoríficas: 1.200m³
  • Estacionamento: 8 mil m²
  • 11 posições de pátio

A BH Airport Cargo também trabalha para atrair novas companhias aéreas, que possam ampliar o volume de negócios nas operações de transporte, manuseio e armazenagem de cargas internacionais.

Otimização da Operação Logística de Cargas:

  • Reutilização de áreas ainda não ocupadas.
  • Troca de toda a frota de empilhadeiras.
  • Obras prediais.
  • Instalações de novas câmeras de segurança.
  • Implementação de um novo Sistema WMS (Warehouse Management System).
  • Reforma e ampliação das câmaras frigoríficas.
  • Implantação de indicadores de Desempenho e Produtividade.
  • Construção de uma nova estrutura para Carga Doméstica.
  • Desenvolvimento do Projeto Cargo Center 2.