Decole Minas promove evento inédito em São Paulo para divulgar oportunidades de negócios na região do Vetor Norte

Evento conectou investidores às prefeituras e empresas da região do entorno do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte

São Paulo, 30 de agosto - Cerca de 130 empresários, investidores e CEOs de grandes empresas tiveram a oportunidade de conhecer, nesta quinta-feira (30), o potencial do Vetor Norte da Região Metropolitana para a atração de investimentos e o desenvolvimento de novos negócios. Promovido pelo movimento Decole Minas, o evento destacou as vantagens competitivas da região em razão da proximidade ao Aeroporto Internacional de BH.

Durante sua apresentação, o ex-ministro Maílson da Nóbrega ressaltou que a união de esforços entre o poder público, entidades de classe e a iniciativa privada é movimento inteligente.

"A região do entorno do Aeroporto é muito promissora e os municípios estão conduzindo o planejamento com muita competência, avaliando as experiências mais bem-sucedidas em outros países do mundo para trazer a Belo Horizonte as melhores práticas. Este desenvolvimento será fonte para diversificação da economia mineira, com geração de emprego e renda".

Com uma população de aproximadamente 700 mil habitantes, o Vetor Norte é uma das únicas regiões próximas a aeroportos no Brasil que ainda possui grande área disponível para a implantação de novos empreendimentos, principalmente nos setores de Ciências da Vida (biotecnologia, indústria farmacêutica e equipamentos médicos), eletrônicos, peças automotivas entre outros, que dependem do modal aéreo para o escoamento da produção, além dos setores de bens e serviços.

"O alinhamento único que já foi estabelecido no Vetor Norte, entre o poder público, entidades de classe e iniciativa privada, já proporciona um ambiente favorável à atração de novos investimentos para a região. O Aeroporto Internacional de BH tem capacidade para suprir a demanda, seja para o transporte de carga, seja para promover a conectividade para os passageiros", disse Adriano Pinho, diretor presidente da concessionária BH Airport.

 

Rodadas de negócios

As principais vantagens competitivas da região foram apresentadas durante a tarde, com a realização de rodadas de negócios entre as prefeituras de 10 cidades da região (Capim Branco, Confins, Jaboticatubas, Lagoa Santa, Matozinhos, Pedro Leopoldo, Prudente de Morais, Ribeirão das Neves, São José da Lapa e Vespasiano) e os potenciais investidores.

"Esta é uma região que dispõe de infraestrutura mais consolidada que outros pontos do Estado, além da proximidade ao Aeroporto. Hoje tivemos a presença de várias empresas que estão estudando investir em Minas Gerais e especificamente no Vetor Norte", lembrou o presidente da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), Flávio Roscoe.

"Temos em Minas Gerais um equipamento de negócios moderno baseado na economia do conhecimento e da tecnologia e que tem como âncora um aeroporto internacional que é considerado um dos melhores da América Latina e do Brasil", concluiu o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Minas (AC Minas), Lindolfo Paoliello.