Inaugurado o novo Terminal do Aeroporto Internacional de BH

Espaço, conforto, novas opções de serviços e agilidade nas conexões são os principais destaques na nova estrutura

Belo Horizonte, dezembro de 2016 - A BH Airport, concessionária do Aeroporto Internacional de BH, inaugurou no dia 6 de dezembro seu novo Terminal de Passageiros, que passa a oferecer infraestrutura capaz de atrair novos voos, tanto domésticos como internacionais, e elevar a qualidade de atendimento aos passageiros, com mais espaço, conforto e novas opções de serviços. O Aeroporto Internacional de BH passa a ter capacidade para processar 22 milhões de passageiros por ano.

A solenidade de inauguração contou com a presença do ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, que afirmou que o Aeroporto Internacional de BH se "aproxima de se tornar um dos principais hubs entre as regiões Nordeste e Sul/Sudeste do país, consolidando-se como a principal porta de entrada e saída dos mineiros".

"Esta nova fase do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte permitirá que novas companhias aéreas se sintam estimuladas a oferecer novos voos, integrando cada vez mais Minas ao Brasil e a outros continentes", disse o ministro.

Estiveram também presentes, o diretor-presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), José Ricardo Botelho; o presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Estado de Minas Gerais (Codemig), Marco Antônio Castello Branco - que representou o governador de Minas, Fernando Pimentel -; os prefeitos de Lagoa Santa, Fernando Neto; de Confins, Geraldo Santos e  de Belo Horizonte, Márcio Lacerda; o presidente da CCR, Renato Vale; o diretor-financeiro do Aeroporto de Zurich, Daniel Schmucki - que representou o diretor-presidente, Stephan Widrig; o diretor jurídico e de Assuntos Regulatórios da Infraero, Eduardo Roberto Stuckert - que representou o presidente da empresa, Antonio Claret; o presidente do Conselho de Administração da BH Airport, Ricardo Bisordi. além de empresários, jornalistas, parceiros comerciais e convidados.

Para o diretor-presidente da BH Airport, Paulo Rangel, com o novo Terminal, o Aeroporto passa a ter a infraestrutura necessária para receber cada vez mais passageiros.

"O ano de 2016 marca a conclusão de uma etapa importante do nosso projeto de longo prazo. Acabamos de investir R$ 870 milhões na ampliação e modernização da infraestrutura e queremos que a demanda por passageiros seja cada vez maior".

Com a ampliação da área total em 60%, Minas Gerais passa a contar com um novo Aeroporto. Foram acrescentadas 17 novas pontes de embarque à estrutura existente, totalizando 26; além de soluções tecnológicas que facilitam a operação, como e-gates (acesso à Sala de Embarque com leitura eletrônica de cartão de embarque) e bags-drop (serviço que permite ao próprio passageiro etiquetar e despachar sua bagagem).

 "Um aeroporto é, em qualquer lugar do mundo, um indutor de desenvolvimento para entorno e região. Acreditamos no potencial deste Aeroporto para ampliar este desenvolvimento. Foi com este propósito que a BH Airport nasceu: o de ser referência em negócios de aeroportos, promovendo o desenvolvimento socioeconômico e sustentável de Minas Gerais e do Brasil, por meio de soluções de governança, gestão e atendimento", disse Paulo Rangel, em seu discurso de inauguração.

Operação

A partir do dia 11 de dezembro, a concessionária inicia as operações na área de embarque doméstico do novo Terminal. Com isso, os passageiros de voos nacionais terão acesso às novas instalações, mais espaçosas e confortáveis.

Em janeiro de 2017, está previsto o início das operações internacionais no novo Terminal. Até lá, o embarque e o desembarque dos voos para o exterior continuarão sendo feitos pelo Terminal 3.

O novo Terminal de passageiros está totalmente integrado aos saguões de embarque e desembarque já existentes no Aeroporto. A nova estrutura é uma continuidade do Terminal existente. Com a ampliação - em cerca de 52 mil m² -, a área total do Aeroporto passa para 132 mil m².

Com a integração das operações domésticas e internacionais em um mesmo Terminal, o tempo mínimo de conexão entre esses voos chega a 50 minutos, o que contribui para o fortalecimento do Aeroporto como um hub aeroportuário.

O acesso e a circulação de passageiros na nova área do Aeroporto são distribuídos em dois níveis. Os embarques para voos internacionais serão feitos pelo nível superior da nova área do Terminal, acessado por meio de um viaduto construído pela BH Airport. Os desembarques serão pelo piso térreo, como acontece nos principais aeroportos do mundo.

Para facilitar o deslocamento dos passageiros dentro do novo Terminal, que tem 650 metros de comprimento, a nova área está equipada com três pares esteiras rolantes. Além disso, há quatro esteiras de devolução de bagagens, cinco canais de inspeção, dois canais de inspeção da Receita Federal e dez guichês para conferência de passaporte, além de 18 elevadores, 9 escadas rolantes e mais 2.200 vagas de estacionamento.

O Aeroporto em números:

Veja como fica o Aeroporto Internacional de BH com o Novo Terminal:

  • Capacidade para 22 milhões de passageiros/ano
  • 132 mil m² de área, sendo 52 mil m² na nova área
  • 26 pontes de embarque, sendo três exclusivas para operações internacionais
  • 17 canais de inspeção para passageiros (raio-X)
  • 9 esteiras para devolução de bagagens
  • 3 conjuntos de esteiras rolantes
  • 27 elevadores e 14 escadas rolantes
  • 625 vagas de estacionamento
  • 44 posições para aeronaves
  • Nova área para embarque e desembarque internacional
  • Novas opções de alimentação, lojas e serviços

Sobre a BH Airport

A BH Airport, concessionária do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, é uma Sociedade de Propósito Específico (SPE) formada pela CCR, uma das maiores companhias de concessão de infraestrutura da América Latina, e por Zurich Airport, operador do Aeroporto de Zurich, o principal hub aéreo da Suíça e considerado um dos melhores aeroportos do mundo, além da Infraero, estatal com experiência de mais de 40 anos na gestão de aeroportos no Brasil, que tem 49% de participação.