Programa de Coleta Seletiva da BH Airport  assegura sustentabilidade e geração de renda

Total de material reciclável enviado para associação chega a 253 toneladas

Belo Horizonte, junho de 2016 - No Dia Internacional do Meio Ambiente, comemorado em 5 de junho, a BH Airport, concessionária do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, comemora os resultados do Programa de Coleta Seletiva que, além de garantir a operação ambientalmente sustentável do Aeroporto, tem ajudado na geração de emprego e renda para diversas famílias de catadores de material reciclável do município de Lagoa Santa.

De acordo com o gestor de Qualidade, Segurança e Meio Ambiente da BH Airport, Douglas Gameiro, o programa faz parte de uma política mais ampla da concessionária, voltada ao cumprimento da legislação que regulamenta a correta destinação de resíduos recicláveis.

Segundo Juliana Bessa, engenheira ambiental da BH Airport, todo o material recolhido no Aeroporto é destinado à Ascamare (Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Lagoa Santa), que reúne 30 associados, garantindo a geração de renda para 85 pessoas.

Em sua Visão Ampliada do Negócio, a BH Airport busca ser uma referência, promovendo o desenvolvimento socioeconômico e sustentável de Minas Gerais e do Brasil, por meio de soluções de Governança, Gestão e Atendimento.

"Entre as diretrizes da BH Airport está o nosso compromisso de contribuir, no contexto da comunidade na qual o Aeroporto está inserido, para a melhoria da qualidade de vida e de trabalho das pessoas", afirma Gameiro.

Entre agosto de 2014, quando a BH Airport assumiu as operações do Aeroporto, e abril de 2016, o total de resíduos recolhidos atingiu 253,4 mil quilos,  incluindo papel, plásticos, paletes e outros recicláveis.

Parceria - O Programa de Coleta Seletiva da BH Airport conta com uma importante parceria com a Azul Linhas Aéreas, no projeto ReciclaAzul. Pelo programa, as latas de alumínio de refrigerantes consumidos no interior das aeronaves da companhia aérea são recolhidas pelo pessoal de bordo e entregues à Ascamare para reciclagem. O volume total de material recolhido atinge, em média, 300 quilos por mês.

Para José Romício, representante da Prefeitura de Lagoa Santa, que também é parceira da BH Airport, o programa representa a melhoria da qualidade de vida dos associados da Ascamare.

"Este programa representa a vida deles, porque quem leva adiante, recupera a dignidade. Muito deles conseguiram conquistar a casa própria, carro próprio, entre outras coisas", afirmou.

Consciente de sua responsabilidade social, a BH Airport acredita que iniciativas como o Programa de Coleta Seletiva são essenciais à consolidação de sociedades sustentáveis. Ao disseminar valores e estabelecer parcerias, a concessionária busca promover a integração com a comunidade e fomentar o desenvolvimento econômico e ambientalmente sustentável da região na qual o Aeroporto está inserido.

"São muitas pessoas que dependem da coleta deste material para sobreviver e isso representa muito para a gente", diz Eleni de Souza, associada da Ascamare.

"Sou viúva, tenho oito filhos e hoje tenho condições de andar de cabeça erguida, porque tenho a minha dignidade, dentro da minha casa com meus filhos e comigo mesma", completa Maurizia de Jesus, outra associada.

Confira no link abaixo o vídeo sobre o Programa de Coleta Seletiva